Apostolado da Oração

Encontros: Primeira Sexta-feira do mês, às 15 horas.

Encontros: Primeira Sexta-feira do mês, às 15 horas.

Responsável: Arlete - arleteppinheiro@hotmail.com

Um coração aberto à ação de Deus é solo fértil para o nascimento de novos movimentos eclesiásticos, e com o Apostolado da Oração não foi diferente. Nos idos de 1840, seminaristas jesuítas na cidade de Vals – França, tinham o desejo de tornarem-se missionários e levarem a mensagem e o amor de Deus aos irmãos. No entanto, o diretor espiritual, Padre Francisco Xavier Goutrelet, os aconselhou a não saírem em missão devido aos estudos. Ele sugeriu que, por meio do Coração de Jesus, oferecessem ao Pai suas vidas, estudos, trabalhos, sofrimentos e alegrias. Assim, nascia no dia três de dezembro de 1844, o Apostolado da Oração. As ideias propostas naquela ocasião, foram imediatamente concretizadas por aqueles jovens, dentro do colégio; divulgadas, depois, por alguns sacerdotes nas região vizinhas, tornaram-se conhecidas em toda França, e não tardaram a serem conhecidas por outras nações.

Após se difundir pela França, o Apostolado de Oração chegou ao Brasil em 1867, em Recife, onde primeiramente teve uma atuação isolada. Apenas em 1871, foi fundado pelo padre Bartolomeu Taddei, em Itu, São Paulo, o primeiro centro do movimento, difundido depois por todo o país.

O Apostolado da Oração constitui a união dos fiéis que por meio do oferecimento cotidiano de si mesmos, se juntam ao Sacrifício Eucarístico do qual se exerce continuamente a obra de nossa redenção e dessa forma ,pela união vital com Cristo, da qual depende a fecundidade apostólica colaboram na salvação do mundo. Assim como Cristo se entregou ao Pai por nós, remiu o mundo, também todo apostolado externo deve estar unido à oração e ao sacrifício a fim de que , em virtude do Sacrifício da Cruz, contribua para a edificação do Corpo de Cristo. A Igreja nos ensina que o amor de Cristo está principalmente representado no seu coração e nos convida a que reverenciemos esse        amor, simbolizado pelo Coração de Cristo, como fonte de salvação e misericórdia.
O Apostolado da Oração é um serviço à Igreja e à Humanidade, procurando que todos rezem por todos, fazendo, assim, uma grande “Família de Orantes”. 
São quatro os pilares principais da espiritualidade desta Obra:
1. Vida oferecida com Cristo na Eucaristia – Todos procuram oferecer, cada dia, sua vida, através da Oração do Oferecimento, com Jesus Cristo. Inseridos na Eucaristia, todos se tornam membros ativos do projeto da salvação e suas vidas são dom e graça para o mundo e para a Igreja.
2. A arte de orar – Rezar pelos outros já é um apostolado. E desta oração nascem obras de misericórdia, obras apostólicas, obras missionárias. O Apostolado da Oração empenha-se em ajudar as pessoas, as famílias, as comunidades paroquiais a rezarem mais e melhor. Para tanto, buscam intensificar a oração pessoal e comunitária, a oração eucarística ou mariana, a oração de louvor ou de meditação da Palavra, a oração de súplica ou de ação de graças, etc.
3. Em Igreja, em comunhão com o Papa – Outra dimensão importante do Apostolado da Oração é estar centrado no coração da Igreja em comunhão com o Papa, rezando, a cada mês, pelas Intenções que o Santo Padre escolhe e propõe.
4. Centrados no Coração de Cristo – O Apostolado da Oração foi encarregado pelos Papas de levar por diante o culto e a devoção ao Coração de Cristo. Coração que simboliza toda a sua Pessoa, com todo o seu amor humano e divino, pois Jesus é verdadeiro Deus e verdadeiro Homem.
Para os membros do AO, “promover o culto do Coração de Jesus é centrar as pessoas no mistério de Deus que é Amor, que tem Coração, que é Coração. Ajudar a perceber o valor da Consagração ao Coração de Cristo, da reparação a esse mesmo Coração, centrando todos no mistério do Amor louco e apaixonado de Deus Pai, revelado no Coração de seu Filho”.
Em nossa paróquia o Apostolado de Oração começou como fruto de uma visita pastoral do Bispo Auxiliar D Filippo Santoro. Ele ressaltou os benefícios da existência de um núcleo do Apostolado em cada paróquia, por ser uma grande força de oração. Um grupo de  paroquianos, que já tinha devoção ao Sagrado Coração de Jesus, juntamente com Monsenhor Alfir, fundou em seis de junho de 1998 o Apostolado de Oração- núcleo 248. Atualmente possui cerca de 34 inscritos, mas devido a limitações pessoais, efetivamente participam perto de 15 apenas.

Para ser membro do Apostolado da Oração, a condição fundamental é o amor. Amor que é o próprio Espírito de Cristo atuando através de nós. Amor que leva a ser manso e humilde de coração e ter um coração simples e pequenino, como o das crianças. O amor não tem idade, a oração não tem idade. Nossa paróquia necessita dessa força de oração e convida a todos que venham conhecer esta devoção.                            

Para aquelas pessoas que desejam ingressar no Apostolado e se tornar “zeladas” e, posteriormente “zeladores” é preciso se inscrever no núcleo dessa associação de fiéis na Paróquia, participar de uma preparação inicial que tem duração de nove meses (a Eucaristia nas nove primeiras sextas-feiras), com a Comunhão Eucarística, e participar das reuniões mensais. Somente depois de seu ingresso oficial no Apostolado da Oração é que o novo membro recebe a fita de zelador, como sinal de sua adesão. 

Um dos grandes símbolos do grupo é a fita de cor vermelha que simboliza o sangue. Ainda há uma medalha, que traz o Coração Sagrado de Jesus num lado e o Imaculado Coração de Maria no outro. Ainda na fita é bordado o ‘Bentinho’, onde está escrito “venha a nós o vosso Reino”, usado por todas as zeladoras. A utilização da fita é um sinal de honra e amor a Cristo e pode ser usada em todas as missas celebradas por zeladas e zeladoras.
Os encontros do nosso núcleo são:

Na primeira quinta feira de cada mês: a hora santa de adoração ao Santíssimo Sacramento, com a presença de todo o Apostolado  às 15 hs.

Na primeira sexta feira de cada mês: A primeira sexta feira de cada mês é o dia da devoção ao Sagrado Coração de Jesus.  Reunião às 15:30 hs,seguindo a missa às 17:30 hs.

Na segunda quinta feira de cada mês: Reunião, adoração e comunhão na Igreja de Santana.

O diretor espiritual em nossa arquidiocese é Padre Melchert e o diretor espiritual em nossa paróquia é Padre Marciano. A presidente de nosso núcleo é Arlete Pinho Pinheiro.

Nosso Senhor Jesus Cristo apareceu numerosas vezes a Santa Margarida Maria Alacoque (de 1673 até 1675). Nessas aparições, Ele fez 12 promessas.
Leia-as com atenção e você perceberá os grandes benefícios espirituais que essa devoção trará para sua vida e de sua família.

AS DOZE PROMESSAS DO SAGRADO CORAÇÃO. A SANTA MARGARIDA MARIA ALACOQUE.

1. A minha bênção permanecerá sobre as casas em que se achar exposta e venerada a imagem de meu Sagrado Coração.

2. Eu darei aos devotos do meu Coração todas as graças necessárias a seu estado.

3. Estabelecerei e conservarei a paz em suas famílias.

4. Eu os consolarei em todas as suas aflições.

5. Serei seu refúgio seguro na vida, e principalmente na hora da morte.

6. Lançarei bênçãos abundantes sobre todos os seus trabalhos e empreendimentos.

7. Os pecadores encontrarão em meu Coração fonte inesgotável de misericórdias.

8. As almas tíbias se tornarão fervorosas pela prática dessa devoção.

9. As almas fervorosas subirão em pouco tempo a uma alta perfeição.

10. Darei aos sacerdotes que praticarem especialmente essa devoção o poder de tocar os corações mais empedernidos.

11. As pessoas que propagarem esta devoção terão os seus nomes inscritos para sempre no meu Coração.

12. A todos os que comungarem nas primeiras sextas-feiras de nove meses consecutivos, darei a graça da perseverança final e da salvação eterna.

O Papa Bento XVI, em Unidade com seus antecessores, aponta intenções especiais para a oração ao longo dos meses, de acordo com as necessidades da Igreja e do mundo.
As intenções, ligadas ao Apostolado da Oração, são as preocupações do Papa para toda a Igreja e que todos nós somos chamados a levar em consideração. Normalmente, o Papa aponta uma intenção geral e uma intenção missionária. De modo particular, os membros do Apostolado da Oração assumem essas intenções e oram diariamente para que o Espírito Santo anime e incentive o acolhimento de tais intenções dentro do coração humano.

Sejamos anunciadores entusiasmados pela verdade de Cristo! Que o mundo conheça e se apaixone cada vez mais por Cristo. Sejamos comprometidos verdadeiramente com Ele e com seu projeto, com seu Reino nesta vida, para que a vida eterna seja a extensão de tudo quanto acreditamos a apostamos ao longo de nossa vida.  

Fale Conosco

Rua José Higino, 120

Bairro Tijuca
Rio de Janeiro, RJ 20520-200

 

  • Facebook Social Icon

CURTA NOSSA PÁGINA!

© 2016 por Paróquia São Domingos de Gusmão - TIjuca (Pastoral da Comunicação - PASCOM SDG)